𝗤𝘂𝗮𝗹 𝗲́ 𝗼 𝗲𝗹𝗲𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼 𝗾𝘂𝗶́𝗺𝗶𝗰𝗼 𝗲𝘅𝗶𝘀𝘁𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗻𝗼 𝗴𝗿𝗮𝗳𝗶𝘁𝗲?

Grafite é a substância simples de que se faz o interior dos lápis! É constituída pelo elemento químico 𝗰𝗮𝗿𝗯𝗼𝗻𝗼.

Chama-se substância simples quando um material é formado por apenas um elemento químico. Exemplo de substâncias simples são o oxigénio (O2) e o ozono (O3), ambas formadas pelo mesmo elemento único, o oxigénio.

Falamos de substâncias compostas quando têm mais do que um elemento químico na sua composição, como a água, composta por hidrogénio e oxigénio (H2O) ou o sal de cozinha, composto pelos elementos sódio e cloro (NaCl). Por outro lado, uma substância pode ser pura ou impura, consoante tenha ou não em si misturadas outras substâncias. A água que bebemos, neste sentido, não é pura, pois não é apenas H2O, tendo muitas outras substâncias misturadas, entre as quais muitos sais e minerais. Aliás, ser-nos-ia muito prejudicial à saúde se bebêssemos água pura, ou seja, apenas H2O!

Quando falamos do carbono, existem duas substâncias puras muito conhecidas (entre outras menos conhecidas), constituídas por este elemento químico. Elas são o grafite e o diamante. É interessante verificar o quão diferentes estas substâncias são na sua aparência, sendo constituídas pelo mesmo elemento. A grafite é opaca, escura, tem pouca dureza e desfaz-se no contacto com outros materiais, razão pela qual a usamos nos nossos lápis para escrever em papel. O diamante, por outro lado, é transparente, incolor, e o mineral com maior dureza conhecido, razão pela qual é utilizado nos discos para cortar pedra.

A causa desta diferença entre o diamante e o grafite está na organização dos seus átomos. O grafite consiste em camadas ou folhas sobrepostas onde os átomos de carbono possuem ligações fortes no mesmo plano ou camada, mas ligações muito fracas em relação a camada acima ou abaixo. Os átomos de carbono em diamantes, por outro lado, têm fortes ligações em três dimensões, onde cada átomo está conectado a outros quatro átomos de carbono, dando-lhe uma estrutura muito forte e rígida em três dimensões. Sabia?!




Publicações recentes