Conhecer o charco

Depois de um período de encerramento o Centro Ciência Viva de Braga, regressará à atividade presencial no próximo dia 1 de Junho, com os condicionalismos impostos pela atual crise sanitária. Das 15h às 15.45h poderá realizar uma atividade científica com o tema "Conhecer o charco" no Planetário - Casa da Ciência de Braga. A atividade tem lugares limitados, custos associados e inscrição obrigatória pelo email geral@casacienciabraga.org. Os interessados devem fazer a sua marcação e conhecer em detalhe as regras de higiene e segurança impostas. Pode consultar todos os detalhes aqui. Para os participantes com inscrição validada devem ter em conta o seguinte: O uso de máscara é obrigatório a parti

Medidas preventivas COVID-19 na reabertura da Casa da Ciência de Braga

O Planetário - Casa da Ciência de Braga Centro Ciência Viva regressará à atividade presencial no próximo dia 1 de Junho, com os condicionalismos impostos pela atual crise sanitária. A lotação máxima do Planetário - Casa da Ciência de Braga foi também reduzida de forma a garantir a distância mínima de 1,5m para qualquer outra pessoa que não seja sua coabitante e a presença e circulação dos visitantes no Planetário - Casa da Ciência de Braga seguem as determinações do Governo e das autoridades públicas de saúde. Considerando as características específicas do Planetário - Casa da Ciência de Braga, enquanto centro interativo de ciência, são instituídas de forma progressiva e dinâmica medidas ess

Centro Ciência Viva de Braga reabre a 1 de junho

Depois de um período de encerramento o Centro Ciência Viva de Braga, regressará à atividade presencial no próximo dia 1 de Junho, com os condicionalismos impostos pela atual crise sanitária. A direção preparou um conjunto de atividades, e de normas, com objetivo de que estejam asseguradas as condições de segurança e higiene que a situação recomenda. A participação nas atividades é sempre restrita a pequenos grupos e famílias. Apesar de estar encerrado ao público desde 11 de Março, a equipa do Planetário - Casa da Ciência de Braga continuou sempre a trabalhar à distância lançando, nesse período, dezenas de experiências, atividades práticas e desafios científicos que foram muito bem recebidos

#ciênciaemcasa: Programação com Micro:bit - Projeto 4

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Às sextas-feiras lançamos atividades de programação simples de fazer em casa com pais e filhos. Cada projeto vai ao encontro de temas para tempo em família, bem-estar, diversão e muito mais! Para a realização da maior parte destes projetos não é necessário possuir uma placa micro:bit. A própria plataforma de programação Makecode tem um simulador de micro:bit onde podem ser testados os projetos. Estás pronto para o 4º projeto com o Micro:bit?! #ciênciaemcasa Projeto 4 – Apanha a bola! Cria o teu próprio jogo e compete com amigos através da internet! Procedimento: No Makecode p

#ciênciaemcasa: respostas do 45º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 45º desafio colocamos a seguinte questão: Gelado num saco?! O que é um gelado? Uma pergunta que parece bastante fácil de responder, mas que nos deixa a pensar! Um gelado é composto por moléculas de gordura do leite misturadas com minúsculos cristais de gelo e ar. Nesta experiência fizemos um gelado instantâneo usando o poder do frio da reação do sal com o gelo. A água congela aos 0° Celsius. Quando adicionamos o sal fazemos com que o ponto de congelamento fique ainda mais baixo Isso significa que, quando o sal é adicionado ao gelo no saco grande, o gelo (que está a 0 ° C)

#ciênciaemcasa: 45º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 45º desafio?! 45º Desafio #ciênciaemcasa: Gelado num saco?! Materiais: [endif] - 3 chavenas de café de leite - 5 colheres de café de açúcar - 3 colheres de café de aroma de baunilha - 1 chávena de café de sal grosso ou mais - Algumas gotas de corante alimentar (opcional) - Muitos cubos de gelo - Saco de congelar pequeno (de preferência com fecho zip) - Saco de congelar grande (de preferência com fecho zip) ​Procedimento[if !supportLists] No saco pequeno coloca o leite, o aroma de baunilha, o corante alimentar e o açúcar. Fecha bem o saco No saco grande põe

#ciênciaemcasa: respostas do 44º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 44º desafio colocamos a seguinte questão: Qual é qual?! Ao fechar o nariz quando comemos os pedaços de maçã ou batata torna-se difícil distinguir qual é qual! O nosso nariz e a nossa boca estão ligados pela mesma via, ou seja, o cheiro e sabor da comida é o mesmo! O nosso paladar consegue distinguir o salgado, doce, amargo ou azedo, mas quando combinado com o nosso olfato conseguimos distinguir muitos mais "sabores". Ao retirarmos o nosso olfato (e visão, porque os pedaços eram iguais!) estamos a limitar a habilidade do nosso cérebro de reconhecer a diferença entre sabores

#ciênciaemcasa: 44º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 44º desafio?! 44º Desafio #ciênciaemcasa: Qual é qual?! Materiais: [endif] um pedaço de maçã um pedaço de batata prato uma mola da roupa ajuda de um adulto ​Procedimento[if !supportLists] Pedir a ajuda de um adulto para cortar um pedaço de maçã e um pedaço de batata do mesmo tamanho (quanto mais semelhantes melhor!); Colocar os dois pedaços, de maçã e batata, no prato de baralhar, de forma a não saber qual é qual; Fechar o nariz com a mola da roupa! (atenção, não é preciso magoar! Pode-se apenas fechar o nariz com a mão!); Comer os pedaços de maçã e batata

#ciênciaemcasa: respostas do 43º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 43º desafio colocamos a seguinte questão: Qual o mais quente? As superfícies escuras, como o papel preto que usamos na experiência, absorvem mais luz do que as mais claras, como o papel branco. Depois de medir a temperatura da água dos dois copos, verifica-se que a temperatura da água do copo com o papel preto é superior do que a água do copo com o papel branco. Superfícies claras reflectem mais luz e é por isso que, por exemplo, no verão usamos roupas mais claras para nos mantermos mais frescos! Esteja atento aos próximos desafios! Partilhe as suas fotografias e vídeos na

#ciênciaemcasa: 43º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 43º desafio?! 43º Desafio #ciênciaemcasa: Qual o mais quente? Materiais: [endif] 2 copos de água iguais água termómetro 2 elásticos ou fita-cola papel branco papel preto Procedimento[if !supportLists] Colocar o papel branco à volta de um dos copos e prender com um elástico ou com a fita-cola; Fazer o mesmo com o papel preto no outro copo; Encher os copos com a mesma quantidade de água; Colocar os copos ao sol durante algumas horas; Medir a temperatura da água dos dois copos e anotar. Desafio​ O que aconteceu? Os copos ficaram ao sol durante o mesmo período

#ciênciaemcasa: respostas do 42º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 42º desafio colocamos a seguinte questão: Quantos cubos de açúcar? O número de cubos de açúcar dissolvidos na água fria foi o mesmo que na água quente? Não, na água fria dissolveu-se menos cubos de açúcar do que na água quente. Mas porquê? O líquido que dentro dos copos desta experiência são agora soluções. Neste caso, a água é o solvente e o açúcar o soluto; o soluto dissolve-se no solvente. Quando já não é possível dissolver mais açúcar chegamos a uma solução saturada e verifica-se que o açúcar acaba por se juntar no fundo do copo. A água quente tem uma maior capacidade

#ciênciaemcasa: 42º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 42º desafio?! 42º Desafio #ciênciaemcasa: Quantos cubos de açúcar? Materiais: [endif] cubos de açúcar dois copos de vidro iguais água fria água quente (cuidado! pedir ajuda a um adulto!) colher ​Procedimento[if !supportLists] Deitar água fria num dos copos; Deitar a mesma quantidade de água quente no outro copo; Colocar um cubo de açúcar na água fria e mexer até desaparecer totalmente; Repetir este processo até não ser possível dissolver mais cubos de açúcar (começa a juntar-se no fundo do copo) e registar quantos cubos de açúcar se colocou na água; Repetir

#ciênciaemcasa: Programação com Micro:bit - Projeto 3

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Às sextas-feiras lançamos atividades de programação simples de fazer em casa com pais e filhos. Cada projeto vai ao encontro de temas para tempo em família, bem-estar, diversão e muito mais! Para a realização da maior parte destes projetos não é necessário possuir uma placa micro:bit. A própria plataforma de programação Makecode tem um simulador de micro:bit onde podem ser testados os projetos. Estás pronto para o 3º projeto com o Micro:bit?! #ciênciaemcasa Projeto 3: Um contador com Micro:bit Cria uma forma de contar tudo o que te apetecer... saltos, moscas, pássaros que vês

#ciênciaemcasa: respostas do 41º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 41º desafio colocamos a seguinte questão: Balde mágico?! Parece magia a água não cair do balde, não é?! Mas não é, é FÍSICA! Esta experiência mostra como funciona a força centrípeta! Esta força actua num objeto em movimento ao longo de um trajeto circular. É a mesma força que actua em montanhas russas ou no movimento de satélites a orbitar um planeta! Quando colocamos o balde em movimento sentimos tamanha força que parece que o balde vai voar da mão em linha reta! No entanto, nesta experiência estamos a demonstrar a Primeira Lei do Movimento de Newton, que diz que um objet

#ciênciaemcasa: 41º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 41º desafio?! 41º Desafio #ciênciaemcasa: Balde mágico?! Materiais: [endif] água balde com pega espaço que possa ser molhado! ​Procedimento[if !supportLists] Encher o balde com água até meio; Ir para um sítio espaçoso, que possa ser molhado e afastado de outras pessoas (espaço exterior como jardim de casa); Segurar na pega do balde firmemente; Começar a fazer movimentos circulares com o braço: rodar o braço esticado a uma velocidade que permita que a água fique dentro do balde (NOTA: este passo pode molhar o utilizador...!); Parar lentamente o movimento ant

#ciênciaemcasa: respostas do 40º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 40º desafio colocamos o seguinte desafio: Água que desafia a gravidade! Se tudo correr bem nesta experiência, a água dentro do copo, mesmo quando está virado ao contrário, desafia a gravidade! Mas como?! Pressão do ar! Dentro do copo não havia ar, uma vez que enchemos o copo até cima! Assim, quando o viramos ao contrário a pressão do ar fora do copo é maior do que dentro do copo. A pressão do ar fora do copo é maior do que a força da gravidade na água. Esta pressão do ar fora do copo faz com que o cartão fique no lugar, evitando que a água saia do copo. Esteja atento aos p

#ciênciaemcasa: 40º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 40º desafio?! 40º Desafio #ciênciaemcasa: Água que desafia a gravidade! Materiais: [endif] água copo de vidro pedaço de cartão tesoura ​Procedimento[if !supportLists] Cortar um quadrado do pedaço do cartão suficientemente grande para que tape toda a boca do copo; Encher o copo com água até ao cimo; Colocar o quadrado de cartão na boca do copo e segurar; Em cima do lavatório da cozinha, segurando o cartão com uma mão e o copo com outra mão, inverter o copo de água; Cuidadosamente, retirar a mão do cartão. Desafio​ O que aconteceu? A água desafiou verdadeiram

#ciênciaemcasa: 39º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 39º desafio?! 39º Desafio #ciênciaemcasa: Vamos construir um projetor? Materiais: [endif] Tesoura Fita-cola Smartphone, telemóvel com câmara Cartolina preta Lupa ou uma lente de aumentar Caixa de sapatos Plasticina ou um suporte para o telemóvel Tinta acrílica preta (alternativa fita-cola preta) Pincel Ajuda de um adulto Procedimento: Pinta o interior da caixa de sapatos de preto ou cobre o interior da caixa com fita-cola preta ou cartolina preta; Numa das pontas da caixa encontra o seu centro e faz um círculo do tamanho da tua lupa ou lente; Corta o círcul

#ciênciaemcasa: respostas do 38º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 38º desafio colocamos a seguinte pergunta: Qual é o movimento do pêndulo? Todos os pêndulos têm um ciclo de vibração natural que dependem apenas do seu comprimento. Os dois pêndulos neste desafio têm a mesma frequência natural porque têm o mesmo comprimento. Quando inicias o movimento do pêndulo, vais verificar que a palhinha gira para a frente e para trás com a mesma frequência, ao mesmo tempo. Cada vez que o pêndulo completa o seu movimento, a palhinha dá um empurrão no segundo pêndulo e este começa a movimentar-se da mesma forma com o mesmo ciclo. A palhinha está presa

#ciênciaemcasa: 38º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 38º desafio?! 38º Desafio #ciênciaemcasa: Qual é o movimento do pêndulo? Materiais: [endif] Fita-cola Palhinha Tesoura 4 moedas de 5 cêntimos ou 2 porcas 2 clipes Fio 2 lápis do mesmo tamanho Procedimento: Prende com fita cola os lápis numa mesa de forma a que metade do lápis fique de fora; Corta 2 pedaços de fio com o mesmo tamanho (aproximadamente 20 a 30 centímetros) e prende um clipe em cada fio; Com a outra ponta do fio prende ao lápis e ajusta o tamanho de forma a que os fios fiquem com o mesmo comprimento; Põe as duas moedas presas em cada clipe; Cor

Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram
  • Twitter

© 2016 por ORION - Sociedade Científica de Astronomia do Minho

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon