Cartão Amigo do Centro Ciência Viva de Braga

A partir de agora, sempre que visitar o Planetário - Casa da Ciência de Braga, poderá habilitar-se a ganhar prémios e até atividades científicas gratuitas para a família! :D Com o Cartão Amigo do Centro Ciência Viva de Braga sempre que participar numa atividade dinamizada no Centro irá receber um carimbo. À medida que colecciona visitas pode ganhar lápis ou canecas alusivas ao Centro Ciência Viva de Braga e, mais importante, pode realizar atividades com entrada gratuita. Basta inscrever-se nas atividades disponíveis do Planetário - Casa da Ciência de Braga e começar a coleccionar carimbos! Veja como se inscrever aqui. O cartão tem um titular e não é transmissível para outras famílias. Para p

"Olha a Água!"

"Olha a Água!" é uma performance teatral sobre a água por Pontos de Exclamação que se realizará nos jardins do Planetário - Casa da Ciência de Braga. As boas e as más palavras estão relacionadas com a qualidade da água? Francisca Cadete revela-nos a resposta através do conto “As Fadas” de Charles Perrault, sem esquecer as informações atuais sobre a preservação da água e a relação do ser humano com o plástico. Entre perguntas e respostas, situações inusitadas, literatura, caminhos marítimos e biodiversidade, pequenos e graúdos são convidados a oferecer um copo de água às gerações futuras. As apresentações de "Olha a água!" irão acontecer nas seguintes datas: 11 de agosto às 10h; 14 de agosto

#ciênciaemcasa: respostas do 52º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 52º desafio colocamos a seguinte questão: Sal e pimenta separados com eletricidade?! O resultado deste desafio só é conseguido por causa da eletricidade estática e das cargas dos materiais! Os materiais podem ter cargas positivas, negativas ou neutras. Os materiais com cargas positivas e negativas exibem eletricidade estática que faz com que os materiais se atraiam ou repelem entre si. A eletricidade estática forma-se principalmente quando o ar está seco pois quando o ar está húmido as moléculas de água à superfície dos vários materiais previnem a formação de cargas elétri

#ciênciaemcasa: 52º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 52º desafio?! 52º Desafio #ciênciaemcasa: Sal e pimenta separados com eletricidade?! Materiais: 2 colheres de sopa de sal 1 colher de sopa de pimenta Prato Colher de plástico ou um pente ​Procedimento[if !supportLists] Adiciona as duas colheres de sal no prato e a colher de pimenta. Abana um pouco o prato para misturar o sal e a pimenta. Passa a colher ou o pente durante alguns minutos no teu cabelo ou nas calças. Sem tocar no sal e na pimenta coloca o pente por cima da mistura e observa o que acontece! Desafio​ Experimenta com uma colher de pau, funciona?

Programa Ciência Viva no Verão em Rede 2020

Chegou a 24.ª edição da Ciência Viva no Verão em Rede! Entre os dias 15 de Julho a 15 de Setembro irão ser dinamizadas mais de 200 acções, em 500 datas, por todo o país, organizadas por Centros Ciência Viva, associações científicas, autarquias e empresas. Marcamos encontro para explorar? :D Consulte o programa das acções dinamizadas pelo Planetário - Casa da Ciência de Braga. JULHO 20 às 9.30h e 21 às 10h: O que escondem as poças de maré das praias de Esposende - Praia de São Bartolomeu do Mar em Esposende 20 às 17h, 29 e 30 às 9.30h: Percurso Encosta do Sol 23 e 24 às 10h: O que esconde o estuário do Rio Cávado 28 e 31 às 10h: O que esconde a mata de Tibães 28 e 31 às 15.30h: Que seres vivo

Ciência Viva no Verão em Rede 2020

Chegou o verão! Chegaram as férias! Chegou a altura de explorar o nosso país e a sua riqueza cultural e científica! A 24.ª edição da Ciência Viva no Verão em Rede é uma edição especial que destaca o projecto Circuitos Ciência Viva, cujo lema é “Deixe-se guiar pela curiosidade!”. Entre os dias 15 de Julho a 15 de Setembro irão ser dinamizadas mais de 200 acções, em 500 datas, por todo o país, organizadas por Centros Ciência Viva, associações científicas, autarquias e empresas. Para participar nas acções é obrigatória a inscrição através da plataforma. Face às condições atuais o uso de máscara é obrigatório e devem ser cumpridas as regras de distanciamento social. As inscrições estarão aberta

#ciênciaemcasa: respostas do 51º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 51º desafio colocamos a seguinte questão: Mudar a cor a flores?! O resultado desta experiência só é possível por causa da transpiração nas plantas! O caule da flor é responsável por retirar a água do copo e transportar para as folhas e flores. A água vai sendo evaporada no transporte através dos estomas. Os estomas são pequenas aberturas ou poros localizados na epiderme da maioria dos órgãos aéreos das plantas, sendo mais abundantes nas folhas e caules jovens. São estruturas celulares que têm a função de realizar trocas gasosas entre a planta e o meio ambiente. À medida qu

#ciênciaemcasa: 51º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 51º desafio?! 51º Desafio #ciênciaemcasa: Mudar a cor a flores?! Materiais: Corante alimentar com cor a gosto 1 Flor Copo pequeno Água [endif] ​Procedimento[if !supportLists] Enche o copo com água e adiciona o corante alimentar. Tens de adicionar muitas gotas de corante para que a água fique bem escura, apenas umas gotas não é suficiente. Corta um pouco do caule da flor e coloca no copo. Espera uns dias para veres a tua flor mudar de cor. Podes fazer a experiência com diferentes flores e cores! Desafio​ Será que o processo demora o mesmo tempo com flores di

#ciênciaemcasa: respostas do 50º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 50º desafio colocamos a seguinte questão: Construir um objeto voador! O fluxo de ar criado pelo balão forma uma camada de ar entre o CD e a superfície. O que faz planar o CD próximo à superfície criando-se uma força de fricção. Quando o ar sai do balão, é empurrado para baixo do disco e levanta-o levemente da superfície. A força da resistência do ar é muito menor que a força de atrito entre o disco e a superfície, por isso é muito mais fácil que o disco deslize pela mesa. O funcionamento deste objeto voador é idêntico ao dos hovercrafts que andam na terra ou na água. Estej

Selo Clean & Safe atribuído ao Centro Ciência Viva de Braga

O Planetário-Casa da Ciência de Braga é um Centro Ciência Viva com o Selo "Clean & Safe"! O selo "Clean & Safe" resulta de uma parceria entre o Turismo de Portugal e a Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, sendo atribuído aos Centros Ciência Viva que assumem o compromisso de segurança e redução de riscos de contaminação relativamente ao Coronavírus (COVID-19). Este selo reconhece o papel da Rede de Centros Ciência Viva no turismo científico. Os Centros Ciência Viva comprometem-se a adoptar as recomendações e medidas de higienização e segurança emitidas pela Autoridade Turística Nacional, em articulação com as orientações da Direção-Geral da Saúde.

Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram
  • Twitter

© 2016 por ORION - Sociedade Científica de Astronomia do Minho

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon