#ciênciaemcasa: 28º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 28º desafio?! 28º Desafio #ciênciaemcasa: Quem é o mais viscoso? Materiais: [endif] 3 Frascos ou copos de vidro iguais 3 Berlindes Água Óleo alimentar Mel Marcador Procedimento[if !supportLists] Identifica cada um dos frascos escrevendo com o marcador: frasco nº 1 água, frasco nº 2 óleo, frasco nº 3 mel; Enche os frascos com o que está indicado; [endif]Com cuidado deita um berlinde em cada frasco e observa o que acontece. Desafio​ O berlinde chega mais rápido ao fundo em que frasco? O que é a viscosidade? Partilhe as suas fotografias e vídeos nas redes soci

#ciênciaemcasa: respostas do 27º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 27º desafio colocamos a seguinte pergunta: Óleo e água: amizade impossível? Quando misturas os dois líquidos a primeira coisa que observas é que não se misturam mesmo que agites muito tempo! O óleo sobe lentamente para o topo da água devido à densidade dos dois líquidos. O óleo é menos denso que a água e, por isso, sobe para o topo da água ficando os dois líquidos separados. Podemos dizer que os líquidos são miscíveis, e misturam-se, ou imiscíveis e não conseguem misturar-se. Neste caso são imiscíveis. Quando adicionas o sal à mistura observas que o sal vai logo para o fun

#ciênciaemcasa: 27º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 27º desafio?! 27º Desafio #ciênciaemcasa: Óleo e água: amizade impossível? Materiais: [endif] Frasco de vidro com tampa ou uma garrafa de plástico transparente com tampa 2 copos de água 1 copo de óleo Corante (facultativo) 4 colheres de sopa de sal​ Procedimento[if !supportLists] Enche o frasco com água até metade (se quiseres podes adicionar o corante); Adiciona o copo de óleo, fecha o frasco e mistura bem. Regista o que aconteceu; Para uma diversão extra espera que o óleo se separe e adiciona o sal. Observa as bolhas que se formam. Desafio​ Porque é que a

#ciênciaemcasa: respostas do 26º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 26º desafio colocamos a seguinte pergunta: Um feijoeiro cresce rápido? Para o resultado desta experiência vais ter de esperar 2 a 3 semanas, mas ao longo do tempo vais observar as mudanças que o feijão, a semente, está a sofrer. O feijão é a semente da planta que é o feijoeiro. A planta, um ser vivo, necessita de vários fatores para crescer como: água, luz solar, nutrientes, solo ou substrato, temperatura ideal, humidade certa e semanas/meses para poder desenvolver-se por completo. As plantas são constituídas por várias partes com diferentes funções que são muito important

#ciênciaemcasa: 26º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 26º desafio?! 26º Desafio #ciênciaemcasa: Um feijoeiro cresce rápido? Materiais: [endif] Algodão (q.b.) 2 a 3 feijões ou outra semente (grão de bico, milho, ervilha, etc) 2 a 3 copos ou frascos de vidro transparente Água Paciência Folha de registos Máquina fotográfica ou telemóvel para registos ​Procedimento:[if !supportLists] Nota: Para termos a certeza que o feijão germina, replicar a experiência, ou seja, fazer 3 vezes a mesma coisa. Humedecer três bocados de algodão e colocar em 3 copos; Pôr 1 feijão em cada copo por cima do algodão; Colocar os copos p

#ciênciaemcasa: respostas do 25º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 25º desafio colocamos a seguinte pergunta: Leite dança com cores? Afinal porque é que as cores “dançam” no leite? Para explicarmos este fenómeno temos de pensar que o leite é constituído por moléculas e o detergente também. O leite é essencialmente constituído por água, gordura, proteínas, também contêm vitaminas e minerais. As diferentes moléculas do detergente e do leite têm cargas positivas e negativas (vais aprender isso nas aulas de Físico-química!) e algumas não têm carga. Também sabemos que a gordura do leite é uma molécula não polar, ou seja, não se dissolve na águ

#ciênciaemcasa: 25º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 25º desafio?! 25º Desafio #ciênciaemcasa: O leite dança com cores? Materiais: [endif] Leite meio gordo ou gordo Corante alimentar de várias cores (quantas mais cores tiveres melhor) Detergente da loiça Tabuleiro ou um prato de sopa Cotonete ​Procedimento:[if !supportLists] Deitar o leite o recipiente escolhido até tapar bem o fundo; Adicionar 3 a 4 gotas dos corantes alimentares; Molha a ponta do cotonete com o líquido da loiça e toca nas cores. O que está a acontecer? Desafio O que está a acontecer? Com leite magro a experiência também funciona? Partilhe a

#ciênciaemcasa: respostas do 24º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 24º desafio colocamos a seguinte pergunta: Amplifica o som do telemóvel! O som pode ficar mais alto ou ser amplificado de várias maneiras. Por exemplo, ao fornecer mais energia para fazer o som, a altura fica maior. Isto poderia ser conseguido batendo num tambor com força, ou usando mais energia enquanto se grita. A eletricidade também pode fornecer a energia extra necessária para aumentar o volume de som, por exemplo, num amplificador hi-fi. Quando uma agulha pousa nas ranhuras de um disco de vinil em rotação, ela começa a vibrar com movimentos muito pequenos. Estes movim

#ciênciaemcasa: 24º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 24º desafio?! 24º Desafio #ciênciaemcasa: Amplifica o som do telemóvel! Materiais: [endif] Um cilindro de cartão do rolo de papel higiénico Dois copos de plástico (também podem ser usadas garrafas de plástico) X-ato (utilizar na presença de um adulto) Cola ​Procedimento:[if !supportLists] Cortar com o x-ato uma ranhura no cilindro de cartão do tamanho da extremidade do telemóvel, do lado dos altifalantes. O telemóvel deve ficar bem encaixado na abertura, sem folgas; Cortar na lateral dos copos de plástico um círculo do tamanho do cilindro de cartão. Para o

#ciênciaemcasa: respostas do 23º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 23º desafio colocamos a seguinte pergunta: Barco a sabão: será possível? As moléculas de água atraem-se com muita força entre si e criam uma tensão superficial (Nota: pesquisa desafio nº9 para testares este conceito!). Na Física, a tensão superficial é um efeito que ocorre na camada superficial de um líquido que leva a sua superfície a comportar-se como uma membrana elástica. De uma forma simples podemos pensar na tensão superficial quase como uma “camada”. Nesta experiência o líquido da loiça funciona como um surfactante o que significa que quebra a tensão superficial da

#ciênciaemcasa: 23º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 23º desafio?! 23º Desafio #ciênciaemcasa: Barco a sabão: será possível? Materiais: [endif] Material para fazeres o teu barco como um pedaço de plástico de uma embalagem ou esferovite das embalagens da carne Tesoura Recipiente grande com água Líquido da loiça ou sabonete líquido Palito Cotonete ​Procedimento:[if !supportLists] Faz o teu barco a partir do material escolhido, por exemplo com a forma que indicamos; Coloca o barco no recipiente com água e vê se flutua; Mergulha o cotonete com sabão e toca no barco, para começar a navegar! Nota: quando deixar de

#ciênciaemcasa: respostas do 22º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 22º desafio colocamos a seguinte pergunta: Onde está o centro de massa? O centro de massa de um objeto oblongo, como por exemplo a régua, é uma posição média que divide a massa do objeto em duas metades iguais, uma de cada lado desse ponto. Para objetos rígidos simples com densidade uniforme, o centro de massa está localizado exatamente no centro. É o caso, por exemplo, do centro de massa de um disco uniforme, assim como o centro de massa de uma régua está no seu ponto médio. Algumas vezes o centro de massa não está em nenhuma parte física do objeto. O centro de massa de

#ciênciaemcasa: respostas do 21º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 21º desafio colocamos a seguinte pergunta: Areia movediça em casa? Para percebemos melhor esta experiência vamos falar de fluidos. Um fluído é uma substância que muda de forma quando submetida a uma força. Existem fluidos chamados de fluídos Newtonianos e fluídos não Newtonianos. O nome destes fluidos como talvez já deve ter vindo à tua cabeça, foram dados por Isac Newton! Os fluidos Newtonianos têm uma viscosidade constante, ou seja, sempre igual como por exemplo o leite e a água. Nos fluidos não Newtonianos a viscosidade vai variar com a força aplicada como por exemplo

#ciênciaemcasa: 22º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 22º desafio?! 22º Desafio #ciênciaemcasa: Onde está o centro de massa? Materiais: [endif] Objetos oblongos (mais comprido que largo): por exemplo régua, lápis, garfo, vela comprida, ramos de árvore, etc. Fio ou fita-cola Pequenos objetos que façam de peso (pilhas, pequenas pedras, etc.) ​Procedimento:[if !supportLists] Pegar em cada objeto na horizontal e tentar equilibra-lo só com um dedo; Verificar se o objeto se equilibra quando o dedo está exatamente a meio entre as duas extremidades; Adicionar pesos numa das pontas prendendo-os com fio ou fita-cola; Ve

#ciênciaemcasa: 21º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 21º desafio?! 21º Desafio #ciênciaemcasa: Areia movediça em casa? Materiais: [endif] Um recipiente grande Água Farinha Maizena (amido de milho) Corante alimentar (facultativo) Colher Procedimento:[if !supportLists] Adicionar água até 1/3 do recipiente; Lentamente adicionar a farinha Maizena e verificar a viscosidade da mistura; A tua mistura está pronta quando ficar líquida em repouso e muito compacta quando fizeres força! Experimenta fazer diferenças tipos de força com a tua mão na mistura. Atenção: Faz esta experiência na bancada da tua cozinha ou no terr

#ciênciaemcasa: respostas do 20º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 20º desafio colocamos a seguinte pergunta: Submarino mágico? Esta experiência é conhecida como o submarino cartesiano! Ao apertar a garrafa estamos a exercer pressão no líquido – água neste caso. A água sob pressão sobe até à tampa fechada e com que o submarino – balão – fique mais pesado e afunde. Ao libertar a garrafa estamos a reduzir a pressão; o ar dentro do balão expande e volta a flutuar. Esteja atento aos próximos desafios! Partilhe as suas fotografias e vídeos nas redes sociais Facebook e Instagram, utilize a etiqueta #ciênciaemcasa e identifique o Centro Ciência

#ciênciaemcasa: 20º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 20º desafio?! 20º Desafio #ciênciaemcasa: Submarino mágico? Materiais: [endif] Garrafa de plástico Água Balão Porcas Tesoura Procedimento:[if !supportLists] Encher a garrafa com água até ao topo; Colocar as porcas dentro do balão; Encher um pouco o balão e atar; Nota: deve encher apenas o necessário para que o balão flutue na água, com o peso das porcas dentro dele, e de forma a que seja possível entrar no gargalo da garrafa. Colocar o balão dentro da garrafa e assegurar que a garrafa está cheia de água; Fechar bem a garrafa com a tampa; Apertar suavemente

#ciênciaemcasa: respostas do 19º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 19º desafio?! No 19º Desafio colocamos a seguinte pergunta: O que flutua na água? Depois de efetuares as tuas observações podemos concluir que objetos como a maçã, a esferovite, a rolha de cortiça e o balão cheio de água flutuam. Por outro lado, a batata, o prego e a moeda não flutuam. Esta diferença de comportamento deve-se a vários fatores! O primeiro fator é a diferença de densidades entre a água e cada um dos objetos. A densidade é a quantidade de massa num determinado volume. A água, por exemplo, tem 1kg de massa no volume de 1 litro. O cobre (de que a

#ciênciaemcasa: 19º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. Está pronto para o 19º desafio?! 19º Desafio #ciênciaemcasa: O que flutua na água? Materiais: [endif] Recipiente incolor e transparente Água Objetos diferentes como por exemplo: prego, rolha de cortiça, moeda, batata, maçã, borracha, esferovite, balão, etc. Uma tabela para anotares os teus resultados com uma linha para cada objeto e duas colunas para anotar “afunda” ou “flutua” antes da experiência (hipótese) e depois da experiência (observação) Procedimento:[if !supportLists] Anota na tabela a tua hipótese para cada objeto: vai afundar ou flutuar? Coloca um objeto de cada ve

#ciênciaemcasa: respostas do 18º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais. No 18º desafio colocamos a seguinte pergunta: Papel que não se molha? A pergunta deste 18º desafio pode parecer muito estranha e qualquer cientista fica com a "pulga atrás da orelha" e curioso! Afinal porque é que o papel continua seco?Quando colocamos o copo, com o papel, dentro de água o ar que está dentro do copo fica “preso. Como o ar não tem por onde escapar vai começar a empurrar a água que tenta entrar no copo criando um efeito de pressão. Como o ar empurra a água à medida que vai baixando no recipiente, a água não vai conseguir entrar no copo e assim o papel não se m

Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram
  • Twitter

© 2016 por ORION - Sociedade Científica de Astronomia do Minho

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon