Os Charcos são ecossistemas frágeis e instáveis de elevada importância ecológica. Essenciais para a sobrevivência de espécies de animais e plantas ameaçadas e importantes no desempenho de serviços de ecossistema imprescindíveis para o Homem,  os charcos são habitats com grande interesse de conservação.

O valor educativo e científico dos charcos é indiscutível, sendo que estes habitats permitem a realização de atividades lúdico-científicas assim como o estudo da sua biodiversidade e processos ecológicos. 

No âmbito dos Clubes Ciência Viva na Escola, o Centro Ciência Viva de Braga auxiliou vários Agrupamentos de Escolas e Escolas na criação de charcos pedagógicos. Com o projeto "Criação e monitorização de charcos pedagógicos" o CCVBraga construiu 7 charcos em parceria. 

Ver Catálogo Nacional da Rede de Clubes Ciência Viva aqui.

Assim, os Charcos Pedagógicos do Centro Ciência Viva de Braga constituem os charcos construídos no âmbito deste projeto dos Clubes Ciência Viva na Escola, o charco pedagógico do Centro Ciência Viva de Braga, assim como outros charcos monitorizados pelo CCVBraga.

 

Charcos Pedagógicos do Centro Ciência Viva de Braga:

  • Escola Básica de Moure, Vila Verde

  • Escola Básica de Ribeira do Neiva, Vila Verde

  • Escola Básica de Vila Verde

  • Escola Básica Monsenhor Elísio de Araújo, Vila Verde

  • Escola Básica Professor Carlos Teixeira, Fafe

  • Escola Básica Professor Abel Salazar, Guimarães

  • Escola Básica António Feijó, Ponte de Lima

  • Escola Básica de Trigal de Santa Maria, Braga

  • Centro Ciência Viva de Braga

Charcos Pedagógicos 

Centro Ciência Viva de Braga

Objetivos, aprendizagens e expectativas

Os Charcos Pedagógicos do Centro Ciência Viva de Braga são projetos com objetivos a longo prazo. O elevado valor educativo destes ecossistemas permite a realização de atividades lúdico-científicas nos estabelecimentos de ensino onde se inserem e a envolvência de toda a comunidade escolar. As atividades de monitorização do charco permitem a criação de dinâmicas de aprendizagens e troca de experiências e conhecimento entre alunos e professores.

Na implementação do projeto "Criação e monitorização de charcos pedagógicos" nos Agrupamentos de Escolas e Escolas, o Centro Ciência Viva de Braga dinamiza várias ações de aprendizagem, adaptadas aos ciclos de ensino. É realizada uma introdução teórica sobre construção de charcos e os alunos participam ativamente na construção do charco na sua escola. Para além disso, são dinamizadas atividades teóricas e práticas sobre a importância dos charcos, monitorização e identificação da biodiversidade existente, com o auxílio de lupas binoculares e digitais. 

Assim, é possível a exploração de conteúdos pedagógicos, inseridos nas metas curriculares de cada ciclo letivo, sendo que esta temática pode e deve ser explorada em diversas disciplinas.

Adicionalmente, a construção e monitorização do charco na escola permite a produção de conhecimento. A monitorização dos parâmetros bióticos e abióticos do charco, assim como a realização de atividades escolares, gera informação importante que pode ser utilizada na criação de uma base de dados. Para além disso, os resultados obtidos ao longo do tempo neste projeto podem ser divulgados para toda a comunidade escolar, em feiras de ciência e tecnologia e concursos de ciência.

De notar que a construção de charcos é uma forma de conservação destes ecossistemas e da preservação da sua biodiversidade. A monitorização atenta e periódica dos charcos permite conhecer e identificar as espécies de seres vivos lá existentes e, desta forma, criar aprendizagens essenciais para a proteção e conservação da biodiversidade. Os Charcos Pedagógicos na escola, apesar de serem charcos artificiais, desempenham um papel importante na promoção da biodiversidade e processos ecológicos no local, sendo indiscutível o valor científico destes ecossistemas.

Conteúdos digitais de apoio

De forma a auxiliar os Docentes a desenvolver atividades de monitorização dos charcos nas suas escolas, o Centro Ciência Viva de Braga criou conteúdos digitais de apoio que podem ser visualizado livremente. 

Assista aos episódios sobre "A biodiversidade do charco" e veja como se pode proceder à amostragem e triagem de seres vivos que habitam na água dos charcos e quais as espécies que se podem observar.

*𝘕𝘰𝘵𝘢: 𝘰𝘴 𝘴𝘦𝘳𝘦𝘴 𝘷𝘪𝘷𝘰𝘴 𝘧𝘰𝘳𝘢𝘮 𝘮𝘢𝘯𝘪𝘱𝘶𝘭𝘢𝘥𝘰𝘴 𝘤𝘰𝘮 𝘵𝘰𝘥𝘰𝘴 𝘰𝘴 𝘤𝘶𝘪𝘥𝘢𝘥𝘰𝘴 𝘱𝘰𝘳 𝘱𝘳𝘰𝘧𝘪𝘴𝘴𝘪𝘰𝘯𝘢𝘪𝘴 𝘦 𝘧𝘰𝘳𝘢𝘮 𝘭𝘪𝘣𝘦𝘳𝘵𝘢𝘥𝘰𝘴 𝘯𝘰 𝘭𝘰𝘤𝘢𝘭 𝘥𝘦 𝘰𝘳𝘪𝘨𝘦𝘮.

Conheça os Charcos Pedagógicos do Centro Ciência Viva de Braga

Charco da Escola Básica de Moure e Ribeira do Neiva em Vila Verde

EB Moure e Ribeira do Neiva

EMEA_edited.jpg

EB Monsenhor Elísio de Araújo

Charco da Escola Básica Monsenhor Elísio de Araújo em Vila Verde

Charco da Escola Básica António Feijó em Ponte de Lima

EB António Feijó

EB Ribeira do Neiva

Charco da Escola Básica de Ribeira do Neiva em Vila Verde

EB Professor Carlos Teixeira

Charco da Escola Básica Professor Carlos Teixeira em Fafe

EB Trigal Santa Maria

Charco da Escola Básica Trigal Santa Maria em Braga

EB Vila Verde

Charco da Escola Básica de Vila Verde

EB Professor Abel Salazar

Charco da Escola Básica Professor Abel Salazar em Guimarães

Charco Centro Ciência Viva de Braga

Charco do Centro Ciência Viva de Braga

Tem interesse em implementar este projeto na sua Escola?

O projeto "Criação e monitorização de charcos pedagógicos" do Centro Ciência Viva de Braga pode ser implementado noutros Agrupamento de Escolas e/ou Instituições de Ensino. Para mais informações envie email para o geral@casacienciabraga.org.