#ciênciaemcasa: respostas do 2º desafio

O #ciênciaemcasa desafia as famílias a realizarem experiências científicas em casa e a partilharem nas redes sociais.


No 2º desafio colocamos a seguinte pergunta: Quantas "cores" tem a folha de uma couve? E um marcador preto?


A cromatografia é uma técnica que se utiliza na extração dos pigmentos, das cores, das flores, plantas, vegetais ou mesmo dos marcadores. Na couve o pigmento que lhe confere a cor verde chama-se clorofila e está em maior abundância. Existem outros pigmentos como os carotenóides que dão a cor amarelo-laranja e a antocianina que dá a cor vermelho-violeta.


Depois de colocarmos a tira de papel em cada copo o que descobrimos?

  • Tira de papel colocada no copo com a mistura de álcool e couve :


A folha da couve tem uma cor verde muito abundante devido ao pigmento clorofila. Quando deixamos a tira de papel na mistura de álcool e couve vamos descobrir que afinal a couve também tem a cor amarela que resulta do pigmento carotenóide.


O álcool funciona como o "detetive" que desvenda as cores escondidas.

  • Tira de papel com bola de marcador preto:


Com o marcador é um pouco diferente pois a cor preta resulta do conjunto de todas as outras cores que o nosso "detetive" álcool foi desvendando.

Há ciência em todo o lado! :)


Esteja atento aos próximos desafios!


Partilhe as suas fotografias e vídeos nas redes sociais Facebook e Instagram, utilize a etiqueta #ciênciaemcasa e identifique o Centro Ciência Viva de Braga.


Link da página do Centro do Facebook:

facebook.com/planetariocasadacienciadebraga/


Link da página do Centro no Instagram:

instagram.com/planetariocasadacienciadebraga/


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 por ORION - Sociedade Científica de Astronomia do Minho

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon